O Transplante de medula óssea é a única alternativa de cura para pessoas que possuem doenças no sangue que comprometem a produção das células sanguíneas como leucemia, portadores de aplasia de medula óssea e síndromes de imunodeficiência congênita.

Perfil do doador de medula óssea
• Ter entre 18 e 35 anos de idade
• Estar em bom estado geral de saúde
• Não ter doenças infecciosas ou incapacitantes
• Não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico

Como ser um doador
Para se tornar doador, é preciso fazer um cadastro no REDOME, o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea. Esse é o órgão que promove a busca de doadores no Brasil e nos registros estrangeiros. É possível se cadastrar como doador voluntário de medula óssea, o Santa Marcelina de Itaquera está na relação de centros coletores.

Como funciona a doação de medula óssea
Para realizar a doação, é necessário que o doador seja internado por 24h. O procedimento é feito dentro do centro cirúrgico sob anestesia peridural ou geral, onde a medula é retirada do interior dos ossos da bacia por meio de punções. O procedimento leva em torno de 90 minutos.

Número de doações por doador
A medula se recompõe em 15 dias e pode ser realizada uma nova doação após o período de seis meses, de preferência utilizando um método de coleta distinto.

Para mais informações ligue 📞 2070-6000