Somos HACKING HEALTH SP

Santa Marcelina apoia e organiza o primeiro capítulo do Hacking Health em São Paulo

O Hospital Santa Marcelina, referência de alta complexidade, na região Leste de São Paulo, se associou ao movimento global de inovação em saúde,“Hacking Health” e ao  “Observatório da Longevidade” com a proposta de criar soluções tecnológicas para os problemas de saúde em cidades como São Paulo, impactando na melhoria de vida de seus habitantes no seu cotidiano. O Kick-Off do Hacking Health, capítulo São Paulo, será no “Smart City Business América Congress & Expo 2018”, que acontecerá de 16 a 18 de abril no Expo Center Norte.

Por meio de um Design Jam, que permite aos participantes “hackear” juntos soluções inovadoras aos desafios lançados, serão desenvolvidas atividades robustas de brainstorming coletivo, de cunho interdisciplinar e intersetorial.

O evento, que terá várias etapas ao longo deste ano, envolve a participação de cidadãos e representantes das problemáticas lançadas nos desafios, além de pesquisadores, desenvolvedores, engenheiros, designers, profissionais da saúde, representantes do poder público, profissionais de marketing e comunicação, mentores, e de instituições e organizações que compõe o ecossistema expandido onde o desafio se insere.

Sobre o Hospital Santa Marcelina

O Hospital Santa Marcelina de Itaquera, com 56 anos de atuação, é a principal referência hospitalar da zona leste de São Paulo, em estrutura comparável aos melhores centros médicos do País.

São mais de 700 leitos, para atendimento a particulares e convênios e o Sistema Único de Saúde – SUS, sendo 117 deles voltados à Terapia Intensiva. Oferece, dentre outros serviços, um completo e avançado Centro de Diagnóstico por imagem, Banco de Sangue próprio e se destaca na realização de transplantes de órgãos e de medula óssea, como também nos tratamentos avançados de Câncer. Constitui um dos quatro “Plantões Controladores Universitários”, instituídos pela Secretaria Estadual de Saúde e implantados para atendimento dos casos de alta complexidade.

É também um importante centro de ensino e pesquisa. Atua em parceria com todas as esferas governamentais, sendo em âmbito federal, estadual e municipal, que ampliam as alternativas de atendimento à população, desde a atenção primária à saúde a alta complexidade.

Sobre o Hacking Health

É um movimento de origem canadense que se originou em 2012 e hoje está presente em mais de 55 países. Possui como objetivo principal a criação da cena inovadora em saúde nas cidades que cediam os capítulos. A metodologia baseia-se no open innovation e une profissionais da saúde, empreendedores, designers, profissionais da tecnologia e outros em diversos eventos ao longo do ano para que juntos repensem o sistema de saúde e criem soluções inovadoras para os problemas do setor, causando grande impacto para a sociedade.

Como se preparar para o Design Jam

Não existe nenhuma lição de casa ou preparação para o Design Jam. O participante precisa estar com a mente aberta, ser curioso e ter o espirito de construir um legado coletivo de coisas boas para nossos cidadãos sêniores. Venha pronto para trocar experiências, ensinar e aprender. E antes de mais nada, venha pronto para se divertir!

O que esperar dos 2 dias e meio de Design Jam no Hacking Halth SP

O evento será bem ativo. Ao mesmo tempo, os participantes terão a oportunidade de parar, ouvir, conjecturar e sonhar. Haverá seções de brainstoring coletivo intercaladas com palestras inspiradoras.

Evento: “Hacking Health São Paulo – Envelhecimento, Longevidade e seus Desafios”.
Data: 
de 16 a 18 de abril
Local: 
Expo Center Norte – São Paulo
Ingresso:
 Gratuito
Programação e inscrição clique aqui
Facebook